Em Foco‎ > ‎Leitura do dia‎ > ‎

Leitura do dia posts

A solução mais eficaz para resolver a atual situação é a vacinação em massa da população

postado em 23 de fev. de 2021 08:22 por Arquivo Assers

https://lh3.googleusercontent.com/pw/ACtC-3ebE0t5N3EYX_xEJYx8sTiT_RM33RO94v7tMArLduyKzzYe6M3x1EaNTxwsHOhtHP6hajT3prvAfrM2hAx-CUfqwSz24vLdDTe6uHAj05bR_YPCAJypIgTyfK1niWq79COyTYIy98-mEIEUwcxGVbvK=s966-no?authuser=0
Ao longo dos últimos dias temos explicitado que se trata de um equívoco deliberado a compreensão de que educadoras(es) e famílias defendem posições opostas sobre o retorno às aulas presenciais. Ao contrário disso, o que se defende é o retorno às atividades educacionais presenciais com as condições sanitárias adequadas para segurança das crianças, estudantes, jovens, pessoas adultas, educadoras e educadores com imunização através da vacinação.




Comitê Popular Estadual de Acompanhamento da Crise Educacional no RS
Porto Alegre (RS), 23 de fevereiro de 2021

Retorno seguro com vacinação da população: quase um ano sem aulas presenciais e os danos causados pela COVID-19 vão além do pedagógico

postado em 23 de fev. de 2021 06:44 por Arquivo Assers

https://lh3.googleusercontent.com/pw/ACtC-3cyVFlrgxGHVfooiuOpJfs0s1076AtPX3s9WlB_INoAAD80fq_kZB2m1FJYyOtcRSfg1wT97HtfEYEtwV1Xd1T0JZr5wpLT31MlH9s3a2sG5D1ynmUDVUyYT75HhKY6lJhD5SjOh3By32SiPajwM_U_=s966-no?authuser=0
Em março de 2021 as instituições de ensino completarão um ano de atividades não presenciais. Durante esse tempo em nenhum momento as educadoras(es), profissionais da educação e funcionárias(os) deixaram de exercer as suas atividades. Ao contrário, as jornadas de trabalho foram intensificadas, sobretudo para as professoras. As crianças, estudantes, jovens, pessoas adultas e suas famílias viram suas rotinas de ensino, aprendizagem e formação completamente modificadas.




Comitê Popular Estadual de Acompanhamento da Crise Educacional no RS
Porto Alegre (RS), 22 de fevereiro de 2021

No falso dilema sobre as aulas presenciais, o modelo de rodízio/revezamento é outra face do mesmo problema

postado em 22 de fev. de 2021 05:20 por Arquivo Assers   [ 22 de fev. de 2021 05:22 atualizado‎(s)‎ ]

https://lh3.googleusercontent.com/pw/ACtC-3dvAGA4c4EJKabUG6tOMX2_M6ENjn9_euykkYr3g6s2WjuuyaS3pkqkn5jk--bhAAnsZiIn42y7zV4MatBjB1UqSCZ2yRpxQYbtbC1XqK5VfocoaTU67bYJV_ZkvqfoXx9bmTPDvjUgjAG1qG5VRrBA=s720-no?authuser=0
Desde o início, o enfrentamento da pandemia da COVID-19 no Brasil foi desarticulado pela ausência de um programa coordenado pelo governo federal. Em muitos lugares a pandemia não foi levada a sério e muitos estados e municípios tentaram fingir normalidade por meio da flexibilização das orientações recomendadas pelos organismos multilaterais como a OMS, ONU e UNICEF contra o novo coronavírus.




Comitê Popular Estadual de Acompanhamento da Crise Educacional no RS
Porto Alegre (RS), 22 de fevereiro de 2021

A retomada das atividades educacionais presenciais no RS ocorre no “pior momento da pandemia”

postado em 22 de fev. de 2021 05:04 por Arquivo Assers   [ 22 de fev. de 2021 05:22 atualizado‎(s)‎ ]

https://lh3.googleusercontent.com/pw/ACtC-3dR5IK34ql_lKUjU2TaU-RLYbsuO8I-BDKH-KtMa5njcI3dxATco_2uH08j17ZVcqewqD8WrGIpKQipsDxB9rqI-Emu2tsJiH0HN9KQIIAPREcc5ppH5gNu2rwy3McySQaBeszrzpDGFW1sihcwD8lP=s966-no?authuser=0
Um dos principais motivos para reforçar a polarização entre retomar ou não as aulas presenciais é a ocultação dos riscos existentes.




Comitê Popular Estadual de Acompanhamento da Crise Educacional no RS
Porto Alegre (RS), 20 de fevereiro de 2021

A falta de condições estruturais das instituições de ensino é a primeira barreira que impede a retomada das atividades educacionais presenciais

postado em 19 de fev. de 2021 06:57 por Arquivo Assers   [ 19 de fev. de 2021 07:06 atualizado‎(s)‎ ]

https://lh3.googleusercontent.com/pw/ACtC-3e8SnCW0WLn-WEwL6kCGpjlXWk2MpPE8d3lvt0iC_CYtjrLl-myLLu9mAl2szS3392tbj_asMCnuwPlVvYVxKDMMhQCyeWhSU0oct25xmupRrV2jevstBTHD_sdCeeg5b_4YoVvUtWH1O07dtL1VLHR=s966-no?authuser=0
O falso dilema que tem sido naturalizado no debate sobre a reabertura das escolas, tira de foco um tema central: a falta de estrutura das instituições de ensino para assegurar as condições sanitárias básicas para crianças, estudantes, jovens, pessoas adultas, educadoras e educadores.




Comitê Popular Estadual de Acompanhamento da Crise Educacional no RS
Porto Alegre (RS), 19 de fevereiro de 2021

Voltar ou não voltar às aulas presenciais? Um falso dilema!

postado em 19 de fev. de 2021 06:30 por Arquivo Assers

Estamos em meados de fevereiro e a sociedade vê um suposto dilema sendo colocado em debate por setores da mídia e de governos, sobretudo os estaduais, mas também por representantes das escolas privadas. O suposto dilema pode ser resumido na seguinte pergunta: devemos, ou não, retornar às aulas presenciais escolar?




Comitê Popular Estadual de Acompanhamento da Crise Educacional no RS
Porto Alegre (RS), 18 de fevereiro de 2021

Seis medidas para salvar a educação que foram ignoradas pelo governo

postado em 25 de ago. de 2020 10:14 por Arquivo Assers

Nesta entrevista exclusiva, Luiz Carlos Freitas trata da política educacional brasileira dos últimos 20 anos e aponta os caminhos necessários para a educação ter um futuro promissor. 


Por César Fraga / Publicado em 25 de agosto de 2020.
Publicado na página 'Extra Classe'

1-7 of 7