Em Foco‎ > ‎Mural‎ > ‎

Mural Arquivo

Carta do Forum Nacional das Entidades dos Especialistas de Educação

postado em 28 de mar de 2019 11:26 por Evandro M   [ 28 de mar de 2019 11:26 atualizado‎(s)‎ ]

FESED
Publicação da Carta do XXIV Fórum Nacional das Entidades Representativas dos Especialistas de Educação - FESED.  



Pré-Fórum Paulo Freire FACED

postado em 19 de mar de 2019 07:07 por Assers Digital

Pre-forum_PauloFreire_Faced

Evento apoiado pela ASSERS

postado em 18 de mar de 2019 07:47 por Assers Digital   [ 18 de mar de 2019 07:52 atualizado‎(s)‎ ]

III Fórum Internacional de Orientadores Educacionais e I Encontro Internacional de Trabalhadores em Educação.
5 de abril de 2019, em Santana do Livramento, Salão de Atos Unipampa.

Investimento para sócios ASSERS, AOERGS, CPERS, AIERGS e estudantes: R$ 30,00 .
Não sócios: R$ 60,00 .

Veja informações abaixo.







Nota

postado em 14 de mar de 2019 07:26 por Assers Digital

Contra a violência, a favor da Educação!


Curso EAD de Orientação Educacional na FACED-UFRGS

postado em 8 de mar de 2019 09:15 por Assers Digital

Até 15 de março estarão abertas as inscrições direcionadas aos profissionais ligados a área da educação, orientadores educacionais, professores formados em curso de licenciatura, supervisores escolares, coordenadores, psicólogos, psicopedagogos e áreas afins.

O curso terá seu desenvolvimento na modalidade à distância, com uma carga horária de 420h, distribuídas entre abril de 2019 e abril de 2021.

Veja informações abaixo ou saiba mais acessando: www.ufrgs.br/faced/especializacao-em-orientacao-educacional/


Fonte: www.facebook.com/orientacaoeducacionalufrgs



Projeto define que funções de magistério vão além de atividade em sala de aula

postado em 26 de fev de 2019 11:43 por Assers Digital   [ 26 de fev de 2019 11:48 atualizado‎(s)‎ ]

Interessa para a área da educação: Projeto de Lei visa deixar claro, na LDB, que as funções de magistério englobam não apenas a docência, como a coordenação, o assessoramento pedagógico e a direção. 

Fonte: Agência Câmara Notícias: 


Projeto define que funções de magistério vão além de atividade em sala de aula
O Projeto de Lei 499/19 visa deixar claro, na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB - 9.394/96), que as funções de magistério englobam não apenas a atividade em sala de aula (docência), como a coordenação, o assessoramento pedagógico e a direção, necessárias ao funcionamento da unidade escolar de educação infantil e ensino fundamental e médio.

E
Dep. Fernando Rodolfo
m tramitação na Câmara dos Deputados, a proposta foi apresentada pelo deputado Fernando Rodolfo (PHS-PE), com objetivo de resolver controvérsia relativa à aposentadoria dos professores. Pela Constituição, para se aposentar, o professor tem que ter 55 anos de idade e 30 anos de efetivo exercício das funções de magistério na educação infantil e no ensino fundamental e médio exclusivamente; e a professora, 50 anos de idade e 25 anos de serviço.

“O professor, ao requerer a inatividade é questionando se a dita ‘função do magistério’ se deu em sala de aula, exclusivamente, ou se, embora tenha exercido outras atividades na escola, mesmo assim, comprova o tempo constitucional em docência”, explica o deputado.

Segundo ele, a Administração tem negado “aposentadorias legítimas e constitucionalmente perfeitas”, mas os tribunais têm se pronunciado em favor da tese de que a Constituição Federal não quis dizer que o termo “funções de magistério” se refere apenas à docência. Com o projeto, o parlamentar quer cristalizar na lei este entendimento.

LDB
Hoje a LDB diz que as funções de magistério são as exercidas por professores e especialistas em educação no desempenho de atividades educativas, quando exercidas em estabelecimento de educação básica em seus diversos níveis e modalidades, incluídas, além do exercício da docência, as de direção de unidade escolar e as de coordenação e assessoramento pedagógico.

Tramitação
A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Educação e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta: PL-499/2019
Agência Câmara Notícias
Reportagem – Lara Haje
Edição – Ana Chalub


621 vagas para equipe do Referencial Curricular Gaúcho

postado em 7 de fev de 2019 04:56 por Assers Digital   [ 7 de fev de 2019 05:14 atualizado‎(s)‎ ]

Referencial Curricular Gaucho
Estão abertas, até o dia 10 de fevereiro, as inscrições para o processo seletivo da Equipe de Formação Continuada de Professores e de Gestão do Referencial Curricular Gaúcho.

A primeira ação de implementação da nova diretriz curricular irá disponibilizar 621 vagas, divididas nas 27 regionais da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs).


Informações sobre o Referencial Curricular Gaúcho: curriculo.educacao.rs.gov.br.


Comissão da Câmara aprova regulamentação da profissão de supervisor educacional

postado em 26 de dez de 2018 13:27 por Evandro M

Camara dos Deputados
A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou proposta do deputado Ademir Camilo (MDB-MG) que regulamenta a profissão do supervisor educacional em instituições públicas e privadas de ensino (PL 4106/12). O projeto estabelece que o profissional coordene as atividades de planejamento, execução, controle e avaliação do projeto político pedagógico, juntamente com os demais especialistas, direção e professores da Unidade Educativa.

Pelo texto, para todos os efeitos legais, supervisor educacional é sinônimo de supervisor escolar e de supervisor pedagógico.

O relator no colegiado, deputado Pompeo de Mattos, PDT-RS (foto de Leonardo Prado/Câmara dos Deputados), apresentou parecer favorável ao texto. Matos apresentou emendas de redação ao texto e manteve as alterações da comissão anterior que retirou do projeto original o direito dos supervisores educacionais se organizarem em entidades de classe.

“Com efeito, dito artigo dispõe ser direito dos supervisores educacionais se organizarem em entidades de classe. Ora, tal direito é simplesmente garantido pela Constituição, na forma do seu art. 5º”, disse o parlamentar.

De acordo com a proposta, para exercer a função, o profissional precisa ter formação superior em pedagogia ou nível de pós-graduação em pedagogia ou em supervisão educacional.

Atribuições
O projeto especifica como atribuições do supervisor educacional:
- participar, junto com a comunidade escolar, do processo de elaboração e atualização do regimento escolar; 
- coordenar, junto com os professores, o processo de sistematização e divulgação das informações sobre o educando; 
- mobilizar os professores da unidade escolar para qualificação do processo ensino-aprendizagem, através da composição, caracterização e acompanhamento das turmas e horário escolar; 
- supervisionar o cumprimento dos dias letivos e horas/aula estabelecidos legalmente; 
- assessorar os sistemas educacionais e instituições públicas e privadas nos aspectos concernentes à ação pedagógica; entre outras atribuições.

Tramitação
Como recebeu pareceres divergentes nas comissões em que tramitou, o projeto perdeu o caráter conclusivo e será analisado agora pelo Plenário da Câmara dos Deputados.



3ª Mostra Pedagógica do CPERS/Sindicato

postado em 30 de nov de 2018 05:44 por Assers Digital

Nos dias 28 e 29 de novembro, na Praça da Alfândega, espaço da Feira do Livro de Porto Alegre, foi promovida pelo CPERS/Sindicato a 3ª Mostra Pedagógica: A qualidade da Escola Pública fortalece a resistência, com apresentação de mais de 120 projetos de escolas públicas gaúchas.

O Departamento de Formação Continuada da ASSERS participou através das colegas Jaira Coelho, Fábia Bernardes e Nina V. Xavier, atuando na coordenação da comissão julgadora.

Além do momento cultural belíssimo, com presença do Som do Coração, de Santo Cristo, cabe destacar as palestras das professoras Margareth Simionato(IPA/AESUFOPE/ASSERS) e Russel Dutra (UFRGS). A Diretora do Departamento de Educação, professora Rosane Zan, é a coordenadora geral da Mostra Pedagógica.

Os trabalhos expostos pelos alunos e professores das escolas estaduais encantou aos convidados e transeuntes do Centro Histórico de Porto Alegre pela beleza e consistência pedagógica.



XXIV Forum Nacional das Entidades dos Especialistas de Educação

postado em 26 de out de 2018 07:32 por Assers Digital   [ 26 de out de 2018 07:38 atualizado‎(s)‎ ]

A ASSERS esteve presente no XXIV Fórum Nacional das Entidades Representativas dos Especialistas de Educação - FESED, realizado nos dias 22 a 24 de outubro em São Paulo, no Sindicato dos Supervisores de Ensino do Magistério Oficial no Estado de São Paulo - APASE, com a participação da vice-presidente Nina V. Xavier.

Na manhã do primeiro dia a presidente Rosângela Aparecida F. V. Chede deu as boas-vindas acolhendo as diversas representações dos especialistas carinhosamente.

A análise de conjuntura de cada entidade (associação/sindicato) foi a primeira atividade realizada, possibilitando configurar, dessa forma, o contexto que os profissionais da educação estão vivenciando nos diversos estados que compõem o FESED. Nina Xavier  fez o relato da trajetória de formações e demais ações efetivadas pela associação gaúcha, tanto de forma individualizada quanto em cooperação com as outras associações, como foi a participação no III Fórum dos Inspetores de Ensino, Orientadores Educacionais e Supervisores Educacionais.

No turno da tarde Cleiton de Oliveira e Guaracy Silva palestraram sobre o "Financiamento da Educação: o teto dos gastos e o FUNDEB", trazendo vários e relevantes esclarecimentos sobre o tema.

O segundo dia iniciou com a alegre acolhida das colegas da APASE e na sequência a palestra com o professor Dr. Antônio Carlos Will Ludwig, com o instigante tema "Educação e Mudança Social", com reflexões sobre a escola, sociedade, cidadania, trabalho voluntário, etc. Na roda de conversa, o professor Antônio Carlos debateu e esclareceu dúvidas para os membros do FESED.

No turno da tarde, "Política de Austeridade e Reformas Educacionais" foi a palestra proferida pelo professor Dr. Pedro Ganzeli (UNICAMP), provocando inúmeros questionamentos (BNCC, Reforma do Ensino Médio, PNE, entre outros) e a interação do grupo.

No último dia a pauta foi de muito debate, reflexão, tendo como destaque a elaboração da carta de teses, avaliação e definição da entidade que irá sediar e secretariar no ano de 2019.

Na avaliação dos presentes o evento foi muito produtivo, atendeu as demandas das entidades e possibilitará novas ações tanto coletivas quanto para as associações e sindicatos de forma individualizada.

A Associação dos Supervisores do Estado de Santa Catarina - ASESC ficou encarregada de secretariar o próximo XXV FESED.
A ASSERS juntamente com a AIERGS, AOERGS e CPERS agradeceram aos colegas da APASE pela carinhosa acolhida, organização e empenho e qualidade com que realizaram o XXIV FESED.



1-10 of 272